Pular para o conteúdo

Tailândia vai acabar com quase todas as restrições de viagem

Publicidade

A Tailândia anunciou novidades para os turistas. A partir de 1º de julho, não será mais necessário possuir um seguro saúde antes da viagem e o Thailand Pass deixará de ser obrigatório para os viajantes. A medida acaba com quase todas as restrições de viagem impostas durante o período de pandemia.

Publicidade

 

A partir de julho, o passageiro deverá portar apenas o comprovante de vacinação ou um resultado negativo de um teste de COVID-19, feito 72 horas antes da viagem. O teste pode ser o RT-PCR ou um teste rápido de antígeno certificado por um profissional de saúde. O certificado pode ser digital ou impresso.

Também deixaram de ser obrigatórios os testes na chegada à Tailândia, que agora serão feitos de forma aleatória com passageiros. Confira abaixo quais vacinas são aprovadas pelo governo:

Foto: Internet

Publicidade
  • AstraZeneca;
  • Pfizer;
  • Janssen;
  • Moderna;
  • Sinovac (Coronavac);
  • COVILO;
  • Sputinik V;
  • Covaxin;
  • Novavax;
  • Medigen;
  • Turkovac;
  • Sputinik Light.

Os certificados de vacinação, por sua vez, deverão conter as seguintes informações do passageiro:

  • Nome e sobrenome;
  • Data de nascimento;
  • Nacionalidade;
  • Passaporte ou Nº de Identificação;
  • Nome da vacina COVID-19;
  • Datas de vacinação;
  • Fabricante da vacina e número do lote;
  • Organização autorizada no país de origem.

O turista considerado vacinado é aquele que recebeu a segunda dose de uma vacina de 2 doses pelo menos 14 dias antes da data de viagem para a Tailândia, ou ainda, aquele que recebeu uma vacina de dose única pelo menos 14 dias antes da data de viagem para a Tailândia.

A partir de 1º de julho, a máscara não será mais necessária em lugares abertos e os pubs, bares e casas de karaokê devem ter os seus horários de funcionamento estendido.

Helio Fraga

Helio Fraga

Especialista em viagens e um amante de lugares. Antes de mais nada, apaixonado por tecnologia e viagens! Mineiro e bacharelado em Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) e MBA em Gestão de Negócios, com mais de 12 anos de trabalho dedicados a área turística, sempre fui norteado pela busca da seriedade e credibilidade da informação, tanto nos destinos de viagens nacionais e viagens internacionais.

Você também pode gostar ↓↓↓