Topo
  >  Cidades   >  Dicas de como economizar em Paris
Dicas de como economizar em Paris

Todo mundo sabe que Paris é uma das cidades turísticas mais caras do mundo, mas se tem uma coisa que eu aprendi nessas minhas andanças por aí; é que mesmo nos lugares mais caros do mundo, é possível sim economizar sem deixar de aproveitar o que eles teem de melhor. As vezes só precisamos abrir mão de uma coisinha aqui, outra ali e talvez gastar um pouco mais naquele passeio que tanto queríamos fazer. É claro que eu não posso pensar em aconomizar e querer me hospedar em Hotel 5 estrelas e jantar na Torre Eiffel todos as noites.

Com as minhas dicas de como economizar em Paris você vai ver que economizar nas viagens é uma questão de saber eleger prioridades. Antes mesmo de sair de casa eu já preciso ter bem claro em minha mente que tipo de experiência eu desejo viver em um determinado lugar e o que é supérfluo para mim, do que eu posso abrir mão. Partindo daí, todos conseguimos economizar, seja em Paris ou qualquer outro lugar do mundo.

Pra começar, você pode organizar a sua viagem sozinha, evitando assim as despesas com agente de viagem, afinal com a internet ficou muito mais fácil pensar em todos os detalhes de uma viagem sem depender de ninguém. Hoje existem inúmeras ferramentas, como o próprio Booking e a Maxmilhas, por exemplo, que podemos utilizar para planejar tudo em autonomia, e nem precisa ser um expert do setor.

 

dicas de como economizar em Paris,

Alimentação

Quando visitei Paris pude perceber que a alimentação é uma das coisas que mais pesa no bolso por lá, tive que pesquisar bastante pra comer bem sem estourar o orçamento da viagem.

Uma das táticas que adotamos, eu e meu companheiro de viagem, foi olhar sempre os cardápios que ficam expostos na entrada dos restaurantes, enquanto passeávamos, e quando chegava a hora de comer a gente já tinha feito uma ideia dos preços na região em que estávamos.

Outra coisa que nós fizemos algumas vezes, principalmente quando não queríamos perder tempo parando para comer, foi comprar lanches prontos em um daqueles mini markets que se encontram nas áreas de passagem. Com apenas €5,00 é possível fazer um bom almoço, por exemplo com a famosa baguete francese (Pão, recheado com presunto, salada e queijo, uma delícia!  Você economiza e ainda ganha tempo para visitar mais lugares.

Outras coisa que nos fez economizar bastante, foi comer em restaurantes mais afastado do centro, era muito mais barato. Algumas vezes pagamos €18,00, mais ou menos em um bom prato de massa, em um restaurante que ficava na rua detrás da Torre Eiffel.

Obs: Ao comer no restaurante é super normal pedir a caraffe d`eau, a água fornecida gratuitamente pelo restaurante. (coisa impensável na Itália ) Se você não quiser comprar água de garrafa, pode pedir sem problema.

Uma coisa boa de Paris é que mesmo nas regiões mais luxuosas, como na Champs-Elysees, tem quiosques com ótimos lanches, pra quem não quer gastar muito. Ainda que alguns restaurantes podem nos surpreeender, como foi o caso do Relais de l´entrecô, que fica próprio no coração da Avenida e nós encontramos por acaso na noite de natal. E aqui vai um conselho de ouro: Se for passar a noite de natal em Paris, reserve um restaurante. Coisa que nós não fizemos! Devo dizer que tivemos muita sorte em encontrar esse restaurante com lugar livre. Estavam todos lotados! Pegamos aquela filinha básica de uma hora e meia, num frio que vocês nem imaginam, mas era o nosso primeiro natal em Paris neh, não podíamos imaginar que fosse assim… Ainda bem que a espera valeu super a pena, pois o jantar foi ótimo. Eles tinham menu completo mais vinho de ótima qualidade por apenas €30,00 a pessoa.

 

 

Transporte

Use e abuse dos transportes públicos: Paris é uma cidade bem fornecida de trem, metrô e ônibus, que levam para qualquer lugar da cidade. A última vez que viajamos para lá, nós fomos da Itália até Paris-centro de carro, mas deixamos o carro em um estacionamento e usamos somente transporte público, durante todo o tempo em que transcorremos na cidade. O motivo é que Páris, como toda grande cidade, falta estacionamento e a gente acaba perdendo muito tempo procurando, além de pagar muito caro. Então não alugue carro, que não compensa.
Outra dica para economizar por lá, é não comprar o bilhete dos transportes unitário, compensa mais comprar em maior quantidade, em base aos dias que você vai permanecer na cidade. Com aproximadamente €13,00 você compra 10 bilhetes, sendo que o bilhete unitário custa €1,70. E tem também o cartão Navigo, que você pode comprar no aeroporto mesmo. E tem ainda outras opções como o Passe da Cidade de Paris, esse você pode até comprar online com os nossos parceiros aqui do Blog:                               👉 Ticketbar. Ele inclui ingressos de saltar a fila para as principais atrações da cidade, Transfer do Aeroporto para o centro, Transporte gratuito com a opção dos 3 dias de metrô entre outros benefícios.
Se você é daqueles que não gosta muito de caminhar, uma ótima opção para passear pelo centro são os taxis bicicleta. Por apenas €10,00 é possível alugar uma dessas bicicletas transformadas em uma cômoda carroça, que te levam com toda comodidade pelo centro da cidade. Algumas tem até um cobertor quentinho para os dias mais frios. Legal neh?
Obs: Conserve sempre o bilhete do metrô e do ônibus até sair fora da estação, pois os fiscais podem controlar e se você não puder comprovar que pagou, eles aplicam uma multa bem pesadinha.
dicas de como economizar em Paris,

Hotel

Com hospedagem você precisa se armar de paciência para encontrar uma boa solução que não custe os olhos da cara. O meu conselho é que você grude na internet e vasculhe os melhores sites de hospedagem, como Booking: Reserva de Hotéis e tenha fé, que você vai achar! Na época que fomos, eu lembro que paguei €80,00 pela diária, mas sem café da manhã. O hotel era limpinho e bem localizado, ficava na rua detrás da Torre Eiffel.

Como já falei: o transporte público funciona muito bem em Paris, então vale a pena procurar um pouco mais afastado do centro. Mas se você é daqueles que não liga tanto pra qualidade do hotel e acha que o mais importante é turistar pela cidade, irá encontrar preços bons mais próximo do centro, tudo depende do seu estilo de viajar.

 

dicas de como economizar em Paris,

Torre Eiffel- Parte interna

Passeios

Os lugares para visitar em Paris são tantos que chegando lá a gente fica meio perdido, sem saber por onde começar, e o bom é que muitas atrações são gratuitas, como parques, igrejas, praças e tem até museus, que você pode visitar sem pagar nadinha.

Para aproveitar tudo o que a cidade oferece, é preciso muita disposição e organização. Aqui a minha dica é que você faça uma lista dos lugares que deseja visitar, elegendo prioridades em base aos dias que vai ficar na cidade, para não correr o risco de deixar de visitar aquele lugar que você tanto queria. 

Pra te ajudar, aqui vai uma lista dos lugares que eu me arrependo de não ter dedicado mais tempo:

  • O Louvre, ali compensa tirar pelo dois dias pra visitar tudo tranquilamente. Eu fiz em uma tarde e é tão grande que não consegui ver quase nada. ☹
  • A torre Eiffel: Ali compensa ir a tarde e ficar até o pôr do sol. Pra mim uma grandíssima experiência de viagem que ainda pretendo fazer é jantar no 58 Torre Eiffel, o restaurante que fica dentro da torre Eiffeil. Veja mais detalhes aqui: Jantar na Torre Eiffel
  • O palácio real: Valea pena entrar sem pressa e visitar todas as salas desse pedacinho da história frança.

Como eu  já falei nesse artigo: Natal em Paris – 14 pontos turísticos que você não pode deixar de visitar,  uma coisa que nos fez perder muito tempo em Paris foram as filas, gente, sabe o que é passar mais de 2 horas numa fila? Pois é, em alguns lugares como no Louvre e na Torre Eiffel, nós ficamos mais ou menos isso. Por isso eu sempre falo: Compre os ingressos para as atrações antecipado online e aproveite cada minuto nessa cidade pra lá de linda!

E bem, essas foram as minhas Dicas de como economizar em Paris, espero que sejam muito úteis para você e se você também tem alguma dica de lá para compartilhar conosco, pode deixar aqui nos cometários.

A gente se ver por aí
A presto!

GOSTOU DESSE ARTIGO? 😍

QUE TAL ME AJUDAR A CONTINUAR INSPIRANDO PESSOAS ATRAVÉS DO VOO POR AÍ?

RESERVE POR AQUI:

Ao fazer uma reserva ou comprar um produto/serviço de nossos parceiros você ajuda o blog a se manter, e o bom é que você não paga nada a mais por isso.

Como funciona? Para reservar através do Voo por aí basta clicar em um dos serviço desejado, por exemplo: Hotéis e Você será conduzido até a página de nossos parceiros, daí é só continuar a sua reserva normalmente.

Grazie di cuore! 🥰

Aqui abaixo você encontra uma lista com todos os parceiros do Voo por aí

Booking: Reserva de Hotéis
Rentcars: Aluguel de carros
Real Seguros: Seguro viagem
Touron: Venda de passeios, transfers e ingressos de atrações turísticas em todo o Brasil
Transferwise: Ferramenta segura e econômica para transferências de valores para o exterior
Submarino: As melhores ofertas de Pacotes de viagem, Resorts, Passagens aéreas e muito mais
MaxMilhas: Passagens aérea super descontadas diariamente
Ticketbar: Compre ingressos online com desconto e pule a fila
Curso de Italino: Com Material Didático já incluído e acesso por Tempo Ilimitado
Amazon: Encontre o ecessório ideal para a sua viagem

Comente

Translate