Topo
  >  Em Turim   >  Informações úteis   >  Como está o mercador de trabalho para brasileiros na Itália
merc…leiros-na-italia/ ‎ Como está o mercador de trabalho para brasileiros na Itália

 

Eu sempre recebo perguntas de pessoas querendo saber como está o mercador de trabalho para brasileiros na Itália. Por mais que eu tenha consciência de que a sinceridade nesses casos nem sempre é bem aceita, eu procuro falar sempre a verdade para essas pessoas, por que não acho justo que elas depositem as suas esperanças em um país que mal tem emprego para os seus habitantes.

Fazendo uma pesquisa na internet, notei que existem muitas informações falsas sobre este assunto. Alguns blogs/sites chegam até a postar listas de empregos que estariam sobrando na Itália, quando na verdade os próprios italianos estão agarrando com unhas e dentes qualquer tipo de trabalho que aparece. Basta acompanhar um desses grupos de Facebook  que oferecem trabalho, para se ter uma ideia do que estou falando.

Até meados de 2008, os brasileiros que desembarcaram na Itália em busca de um futuro melhor, trabalhando duro e usando a cabeça, conseguiram construir o seu pé de meia. As oportunidades eram muitas e ganhar em Euro era muito vantajoso, devido a desvalorização da moeda brasileira naquela época. Conheço gente que comprou casa, montou empresa e hoje vive tranquilo em uma bela cidade litorânea do Brasil.

 

Como está o mercador de trabalho para brasileiros na Itália

Local especializado na venda de café

 

Mas afinal, como está realmente o mercado de trabalho para os brasileiros na Itália?

Hoje a realidade é bem diferente: Com a chegada da tão falada Crise Econômica, que afetou não somente a Itália mas toda a Europa, muitos brasileiros que não tinham um emprego fixo ou uma vida estabilizada na Itália, foram obrigados a voltar para o Brasil e recomeçar do zero. É grande também o número de Italianos que deixaram a sua pátria para procurar emprego em outros países.

Mesmo diante dessa realidade, ainda tem gente que sonha em viver e trabalhar na Itália. Certamente não posso dizer que elas são loucas, afinal eu também me apaixonei por esse país lindo, ao visitá-lo pela primeira vez.

Ok, sabendo disto, observe também os tópicos abaixo e tire suas próprias conclusões:Antes de mais nada, tenha em mente que sem um Permesso di soggiorno, Cidadania Italiana e sem falar Italiano é impossível trabalhar na Itália. E que ter a cidadania Italiana não é garantia de nada, pois a maioria (por fortuna não todos) dos italianos não aceitam um ítalo-brasileiro como cidadão Italiano. Dito isto, considere também que o visto de turismo, que são 90 dias corridos, não pode ser transformado em visto permanente, ou seja, para trabalho ou moradia. Considere também que o país tem um mercado de trabalho extremante exigente. Se você olhar um site de emprego como o Monster  por exemplo, (um dos mais famosos por aqui) verá que ofertas de emprego até tem, mas vá ver os detalhes e ficará surpreso; as exigências são veramente tantas. Mais surpreso ainda você irá ficar com o salário oferecido para exigir tanto.
  •  Se você tirou a cidadania Italiana, tem menos de 30 anos, uma excelente faculdade, reconhecida na Europa, com experiência comprovada na mesma área que estudou, fala pelo menos 4 línguas; entre elas Italiano e Inglês perfeitos, parabéns! Você  tem alguma chance de conseguir um emprego na Itália. Ah! você ainda vai ter que disputar a vaga com um Italiano Vero, que vai ter sempre a preferência na hora da decisão, como é justo que seja. Pra quem não sabe, assim como no Brasil nós temos o famoso jeitinho brasileiro, aqui também tem muito favoritismo. Então se você tem um amigo ou parente que já trabalha aqui, junto com todos os requisitos acima, suas chances são maiores.
  • Não esqueça dos prófugos; imigrantes escapados da Síria, que desembarcam aos montes todos os dias no sul da Itália. Devido a acordos entre países da União Europeia, eles tem preferência para vistos e trabalho.  Desse modo até os trabalhos mais simples como lava prato, limpeza, etc a preferência é pra eles.
  • Tem também a questão da desconfiança, no caso de trabalhos domésticos por exemplo, nenhum italiano coloca um estrangeiro dentro de casa, a menos que alguém de extrema confiança o indique.
  • Qualquer trabalho que você se proponha a fazer, tem que chegar sabendo, ( por isso todos exigem experiência comprovada). Não espere que alguém tenha paciência de te ensinar e espere você ficar pronto para começar. Aliás, paciência é uma palavra que não existe no vocabulário dos Italianos.
  • Não basta saber ler e escrever Italiano, com esses verbos que são um caso a parte. Confesso que levei um tempo para aprender a conjugar alguns e as vezes até os próprios Italianos se confundem. Dependendo da região ainda tem os dialetos; línguas antigas locais que muitos dos próprios italianos não compreendem. Não bastasse tudo isso, você ainda precisa saber o bendito do Inglês, que é exigido na extra grande maioria dos empregos e indispensável para quem quer trabalhar com turismo ou atendimento ao público.

E não  se engane: Já ouvi muita gente falando que o Italiano é “facim”, isso porque eles assistiam Terra Nostra e pensavam que o Raul Cortez falasse italiano. Tem ainda os que confundem a língua com o Espanhol e saem por aí falando Portunhol, crente que estão falando Italiano. E enquanto no Brasil a gente se esforça pra entender os gringos, aqui ao contrário, eles tratam muito mal ( com raras excções) quem não sabe se comunicar na língua deles.

Conclusão: Não estou dizendo que é impossível encontrar trabalho na Itália e que ninguém deve tentar, afinal o sonho é seu e quem sou eu para dizer que você não pode realizá-lo.
Essa é somente a parte difícil e a situação mais provável que você irá encontrar ao tentar um emprego aqui nesse período. Lembre-se que existem as exceções. Tem brasileiros que ainda conseguem trabalhar e viver bem na Itália.  Se tiver alguém por favor se manisfeste, conte para nós a sua experiência aqui no país.

A presto!

GOSTOU DESSE ARTIGO? 😍

QUE TAL ME AJUDAR A CONTINUAR INSPIRANDO PESSOAS ATRAVÉS DO VOO POR AÍ?

RESERVE POR AQUI:

Ao fazer uma reserva ou comprar um produto/serviço de nossos parceiros você ajuda o blog a se manter, e o bom é que você não paga nada a mais por isso.

Como funciona? Para reservar através do Voo por aí basta clicar em um dos serviço desejado, por exemplo: Hotéis e Você será conduzido até a página de nossos parceiros, daí é só continuar a sua reserva normalmente.

Grazie di cuore! 🥰

Aqui abaixo você encontra uma lista com todos os parceiros do Voo por aí

Booking: Reserva de Hotéis
Rentcars: Aluguel de carros
Real Seguros: Seguro viagem
Touron: Venda de passeios, transfers e ingressos de atrações turísticas em todo o Brasil
Transferwise: Ferramenta segura e econômica para transferências de valores para o exterior
Submarino: As melhores ofertas de Pacotes de viagem, Resorts, Passagens aéreas e muito mais
MaxMilhas: Passagens aérea super descontadas diariamente
Ticketbar: Compre ingressos online com desconto e pule a fila
Curso de Italino: Com Material Didático já incluído e acesso por Tempo Ilimitado
Amazon: Encontre o ecessório ideal para a sua viagem

Comente

Translate »