Trabalhar na Itália: É possivel em 2016?

Voo por aí
Torre de Pisa-  Dezembro 2015


Eu sempre recebo perguntas de amigos brasileiros e até mesmo de desconhecidos, querendo saber se existem oportunidades de trabalho na Itália. Por mais que a sinceridade nem sempre seja aceita, eu procuro falar sempre a verdade para eles, de como estão as coisas realmente.

Fazendo uma pesquisa na internet, notei que existem muitas informações falsas sobre este assunto. Alguns blogs/sites chegam até a postar listas de empregos que estariam sobrando na Itália, quando na verdade os próprios Italianos estão agarrando com unhas e dentes qualquer tipo de trabalho que aparece.

Basta acompanhar uma dessas comunidades que oferece trabalho no Facebook, para se ter uma idéia do que estou falando. Use o tradutor: Procuro e ofereço trabalho em Torino.

Até meados de 2008, os brasileiros que desembarcaram na Itália em busca de um futuro melhor, trabalhando duro e usando a cabeça, conseguiram construir o seu pé de meia. As oportunidades eram muitas e ganhar em Euro era muito vantajoso, devido a desvalorização da moeda brasileira naquela época. Conheço gente que comprou casa, montou empresa e hoje vive tranquilo em uma bela cidade litorânea do Brasil.

Hoje a realidade é bem diferente: Com a chegada da tão falada Crise Econômica, que afetou não somente a Itália mas muitos outros países, muitos brasileiros que não tinham um emprego fixo ou uma vida estabilizada na Itália, foram obrigados a voltar para o Brasil e recomeçar do zero. É grande também o número de Italianos que deixaram a sua pátria para procurar emprego em outros países.




Mesmo diante dessa realidade, ainda tem gente que sonha em viver e trabalhar na Itália. Certamente não posso dizer que elas são loucas, afinal eu também me apaixonei por esse país lindo ao visitá-lo pela primeira vez.
LEIA MAIS

Lençóis Maranhenses: As dunas mais bonitas do Brasil e do mundo.

As férias estão chegando e pra você que está pensando em viajar mas ainda não sabe pra onde ir,  uma boa opção é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Uma meta turística cobiçadissíma pelos estrangeiros, que poucos brasileiros conhecem. O parque foi criado em 1981, e fica dentro de uma reserva natural com 156,5 mil hectares. Está localizado no estado do Maranhão, abrangendo os municípios de Barreirinhas, Santo Amaro, Humberto de Campos e Primeira Cruz. É conhecido internacionalmente por ser o único lugar ao mundo com essa paisagem de dunas formadas pela força do vento e piscinas naturais formadas pelo acúmulo das águas da chuva, que se alteram constantimente, de acordo com o clima e a estação do ano.


Dicas do voo por aí
Foto da primeira parada - Lagoa azul


Eu estive lá em agosto de 2014 e hoje trago algumas dicas para você que pretende conhecer esse paraíso escondido no nordeste do Brasil.

Qual é a melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses?

O parque pode ser visitado em qualquer época do ano, mas existe um período mais favorável, que é entre os meses de março a setembro, sendo os meses de Março a Maio os ideais para quem quer pegar as lagoas mais cheias e conhecer o parque em todo seu esplendor. É nesse periodo que o contraste das águas multicoloradas com as dunas de areia branca ficam mais visíveis.

Eu visitei Lençóis no mês de agosto, como já falei antes, a água estava baixa, mas como você pode ver nas fotos a paisagem era estupenda!


Dicas do voo por aí
Foto da segunda parada: Lagoa da preguiça

Como chegar lá?

O modo mais rápido de chegar é pegar um voo até o aeroporto de São Luiz- MA e dali prosseguir até o terminal rodoviário da capital maranhense, de onde saem ônibus diariamente até Barreirinhas, cidade mais acessível ao parque. O percurso até lá dura umas 4 horas e as estradas são muito boas. A passagem custa em média R$ 45 por pessoa.

Outras alternativas saindo de São Luís-MA até Barreirinhas:
- Carro ou van fretado; a duração do percurso é de umas 3 horas.
- Taxi, que você pode pegar com toda segurança no próprio aeroporto, com preços tabelados.
- Taxi aéreo, esse logicamente custa um pouco mais, mas tem toda a comodidade e vantagem de poder admirar Lençóis lá do alto. A viagem dura, em média, 50 minutos.


Dicas do voo por aí


Como são organizadas as excursões ao parque?

As visitas as dunas são feitas somente com pessoal autorizado e não é possível ir até a reserva de carro próprio. Você precisa ir até uma agência de turismo local e comprar o seu passeio.

- Dica 1: Nunca deixe para comprar o passeio na última hora, principalmente no final de semana. Os carros costumam ser sempre lotados.



Os passeios são feitos em grupos de no máximo dez pessoas, que são transportadas em caminhonetes  adaptadas para o transporte de turistas, conhecidas como "jardineiras".
LEIA MAIS

Promoção passagens aérea

50 Off 728x90
Subir