Lençóis Maranhenses: As dunas mais bonitas do Brasil e do mundo.

As férias estão chegando e pra você que está pensando em viajar mas ainda não sabe pra onde ir,  uma boa opção é o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Uma meta turística cobiçadissíma pelos estrangeiros, que poucos brasileiros conhecem. O parque foi criado em 1981, e fica dentro de uma reserva natural com 156,5 mil hectares. Está localizado no estado do Maranhão, abrangendo os municípios de Barreirinhas, Santo Amaro, Humberto de Campos e Primeira Cruz. É conhecido internacionalmente por ser o único lugar ao mundo com essa paisagem de dunas formadas pela força do vento e piscinas naturais formadas pelo acúmulo das águas da chuva, que se alteram constantimente, de acordo com o clima e a estação do ano.


Dicas do voo por aí
Foto da primeira parada - Lagoa azul


Eu estive lá em agosto de 2014 e hoje trago algumas dicas para você que pretende conhecer esse paraíso escondido no nordeste do Brasil.

Qual é a melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses?

O parque pode ser visitado em qualquer época do ano, mas existe um período mais favorável, que é entre os meses de março a setembro, sendo os meses de Março a Maio os ideais para quem quer pegar as lagoas mais cheias e conhecer o parque em todo seu esplendor. É nesse periodo que o contraste das águas multicoloradas com as dunas de areia branca ficam mais visíveis.

Eu visitei Lençóis no mês de agosto, como já falei antes, a água estava baixa, mas como você pode ver nas fotos a paisagem era estupenda!


Dicas do voo por aí
Foto da segunda parada: Lagoa da preguiça

Como chegar lá?

O modo mais rápido de chegar é pegar um voo até o aeroporto de São Luiz- MA e dali prosseguir até o terminal rodoviário da capital maranhense, de onde saem ônibus diariamente até Barreirinhas, cidade mais acessível ao parque. O percurso até lá dura umas 4 horas e as estradas são muito boas. A passagem custa em média R$ 45 por pessoa.

Outras alternativas saindo de São Luís-MA até Barreirinhas:
- Carro ou van fretado; a duração do percurso é de umas 3 horas.
- Taxi, que você pode pegar com toda segurança no próprio aeroporto, com preços tabelados.
- Taxi aéreo, esse logicamente custa um pouco mais, mas tem toda a comodidade e vantagem de poder admirar Lençóis lá do alto. A viagem dura, em média, 50 minutos.


Dicas do voo por aí


Como são organizadas as excursões ao parque?

As visitas as dunas são feitas somente com pessoal autorizado e não é possível ir até a reserva de carro próprio. Você precisa ir até uma agência de turismo local e comprar o seu passeio.

- Dica 1: Nunca deixe para comprar o passeio na última hora, principalmente no final de semana. Os carros costumam ser sempre lotados.



Os passeios são feitos em grupos de no máximo dez pessoas, que são transportadas em caminhonetes  adaptadas para o transporte de turistas, conhecidas como "jardineiras".

Após uma rápida travessia de balsa pelo Rio Preguiças, você segue mata a dentro por uns 40 minutos  em trilhas estreitas e bancos de areias finas, onde apenas veículos com tração 4x4 podem seguir viagem, Taí por que o parque faz parte da Rota da emoção!

O motorista leva o grupo até a entrada das dunas, de onde começa a caminhada com um guia contratado. As caminhadas podem ser mais longas ou mais curtas, com paradas para mergulhos, fotos descanso e tudo mais...

- Dica 2: Antes de comprar o passeio pergunte até qual lagoa o guia te leva, pois o nosso queria voltar da metade do caminho.


Dicas do voo por aí
Jardineiras- Carros adaptados para transportar turístas

O que levar para a excursão?

Saia de casa/hotel pronto para se jogar na água, depois de uma boa caminhada sobre as dunas não tem nada melhor! Vista roupas leves, chinelo, leve chapéu e óculos de sol.
Prepare uma mochila com o mínimo necessário para não ficar pesada; repelente, protetor solar, celular ou máquina fotográfica, etc. Não esqueça de levar água e alguma coisa para comer. Por ser um parque totalmente protegido, dentro do mesmo não tem barracas nem vendedores ambulantes, ou seja, nada para vender.

Obs: No carro da excursão tem uma caixa térmica, onde todo o grupo coloca sua água, que se  mantém geladinha.


Dicas do voo por aí
Pausa para fotos


Onde não se hospedar em lençois maranhenses?

É sim, dessa vez ao invés de dar dica de onde se hospedar, eu vou falar onde não se hospedar:

A maioria das pessoas acabam reservando hotel em São Luiz, até mesmo por falta de informação. Eu por exemplo não sabia que em Barreirinhas fosse possível encontar bons hotéis. Apesar de ser uma cidade pequena, é o lugar ideal para quem quer aproveitar melhor as atrações de lençóis Maranhenses.

 Por experiência própria, te aconselho a não se hospedar em São Luiz. A menos que você goste da agitação e vida noturna, nesse caso só na capital mesmo.
Mas atenção! Se você quiser realmente se hospedar em São Luiz, evite os hotéis do centro histórico, onde a sensação de insegurança é nítida, até mesmo durante o dia.

 Eu e meu grupo nos hospedamos  no hotel PORTAS DA AMAZÔNIA, que fica bem no centro, e fomos assaltados na frente do mesmo. São coisas que podem acontecer durante qualquer viagem, mas  não custa nada prevenir neh?


Dicas do voo por aí

Quanto tempo serve para conhecer Lençóis Maranhenses?

Há quem diga que para conhecer todas as lagoas, que são 18 no total, e aproveitar as outras atrações da região, como por exemplo o passeio de barco pelo Rio Preguiça, você vai precisar de pelo menos uns 7 dias.
Por falta de tempo, eu fiz o passeio de um dia, e se você for com o tempo estreito como eu, vale a pena reservar pelo menos 2 dias só para visitar as lagoas. Garanto que você não vai se arrepender.


Dicas voo por aí
Retorno para casa, fim da excursão


Clique aqui para ver mais fotos dessa nossa aventura.

Se gostou do artigo, compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário aqui em abaixo :)
Até a próxima viagem! 

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário



Subir