Viagem pra Itália- Dicas de Como chegar, Quando vir, O que fazer, onde ficar e Como se locomover

Um país com quase 3 mil anos de existência, que  tem a gastronomia como patrimônio nacional,  monumentos históricos impotantíssimos,  inúmeras obras de artes de valores inestimaveis, sítios arqueológicos e uma infinidade de museus. Estou falando da Itália, un país que além de cultura possui  uma paisagem arquitetônica única, praias lindíssimas, montanhas, vulcões e tudo que você espera de um lugar turístico. 


Verona, Itália,

Como chegar



Atualmente existem duas companhias aéreas que fazem voos direto para a Itália: a TAM, que  tem voos diários saindo do aeroporto internacional de Guarulhos em São Paulo com destino a Milão (Malpensa) e a Alitalia que sai também de Guarulhos com destino a Roma (Fiumicino).
 Existem outras companhias aéreas como a KLM, Air France, Iberia e Lufthansa que também fazem voos regulares para a Itália, mas com conexão em algumas capitais da Europa e até mesmo em outros 
continentes.

Voo Itália


Quando vir


Para conhecer e visitar a Itália é necessário estar por dentro das melhores estações do ano, existem pessoas que gostam mais do frio, outras preferem o calor. Eu particularmente amo a primavera Europeia, que se inicia no final de março e termina no final de maio.
Na minha opnião essa é a época perfeita para visitar a Itália, pois com a chegada do sol, tudo ganha vida por aqui. A paisagem muda completamente e tudo volta a ser verde e florido. As pessoas costumam sair mais de casa, os dias são mais longos e a temperatura é ideal para passear ao ar livre.
 Mas caso não seja possível vir na primavera, o outono, que inicia no final de setembro e se estende até o final de novembro, também é uma boa oportunidade de viver o cliema europeu. A paisagem nesse periodo também é encantadora, com o colorido das árvores que começam a perder as folhas e se prepararem para o inverno. Só não se esqueça de trazer um casaco pois o clima já é bem fresquinho nesse mês. 
Quanto ao inverno, que vai de dezembro até o final de  fevereiro, é a época mais fria, sendo que os maiores acúmulos de neve acontecem de janeiro a fevereiro.
Já o verão, de junho até o final de agosto, costuma ser bastante quente, as vezes chega a fazer quase 4o graus na sombra. É o periodo em que quase todo mundo escapa para o mar ou para a montanha em busca de ar fresco.


Viagem Itália


O que fazer


Seja qual for o seu destino, aqui você vai ter sempre muita coisa interessante para fazer, ver e aprender, começando pelos museus, que são visitas quase ''obrigatórias''. Depois vem os centros históricos, os sítios arqueológicos, os borgos medievais e os pequenos vilarejos de casas rústicas que nos levam a uma viagem ao passado. 
Visite também as sagras, feiras de produtos típicos. É o melhor modo de conhecer a gastronomia e a cultura Italiana. 
Algumas cidades  também oferecem passeios de barco,  trens históricos e até de bicicleta.

Para quem gosta de uma boa aventura tem as visitas guiadas nas montanhas. 
Aos amantes de praia, no sul estão as mais bonitas e mais frequentadas. 
A noite a diversão nos grandes centros é por conta dos barzinhos com mesas ao ar livre, restaurantes e cafés antigos, que atraem pessoas de todas as idades.
Não deixe de visitar também os parques urbanos que são verdadeiras maravilhas para os olhos.


Viagem Itália

Como se locomover


Para as longas distâncias você poderá escolher entre os moderníssimos trens de alta velocidade ou os aviões convencionais, que tem voos internos diariamente, ligando as principais cidades Italianas.
 Para se locomover dentro das cidades maiores, o transporte público é sempre o mais indicado. Todas as cidades são bem abastecidas de linhas de ônibus, trens, metrôs, taxis e até bicicletas.
 Para quem pretende visitar as cidades menores, os vilarejos mais distantes, a Campagnia nas áreas rurais e regiões mais afastadas, onde não passa o trem, na Toscana por exemplo, terá que alugar um carro.
Dirigir na Itália é muito fácil, as estradas são muito boas e bem sinalizadas e com um GPS você chega em qualquer lugar. 
Uma dica pra você economizar na gasolina é procurar abastecer nas chamadas Pompe bianca (bombas brancas). São postos de gasolina sem nome ou marca famosa, que vendem a mesma gasolina dos postos mais famosos, com preços bem mais baixos. 


Viagem Itália


Onde ficar


Aqui você vai encontrar desde uma simples pensão à um luxuoso hotel de época. Para os mais econômicos tem os Bed & Breakfast, um tipo de pensão com quarto, cama e café da manhã. Tudo muito simples, mas muito limpinho e organizados. É ideal para quem viaja com a família. 
Outro tipo de hospedagem bem econômica são os albergues familiares, que são como os nossos  albergues da juventude no Brasil. Para quem não sabe nesse tipo de hotel os ambientes são compartilhados: quartos, cozinha, banheiros sala de tv.
Já me hospedei em um albergue da juventude no Brasil e pra ser sincera, dormi melhor do que em muitos hotéis que paguei mais caro. É ideal para quem viaja sozinho ou em grupo. Mas desaconselhado para casal, pois as meninas devem dormir separadas dos meninos. 
Quanto aos hotéis de luxo, nem preciso falar, a escolha vai depender do quanto você está disposto a pagar. Os mais luxuosos oferecem desde spa, academia, masagem, café da manhã com vista privilegiada, alguns  mais renomados oferecem até um assistente pessoal para ajudar o cliente na escolha dos passeios, dos melhor restaurante, dar dicas da cidade etc.


Viagem Itália

Gastronomia


Para quem gosta de comer bem na viagem, a minha dica são as osterias e tratorias que geralmente tem um menu fixo do dia, além de outros pratos. É possível comer bem sem pagar absurdos. Em geral o menu fixo propõe antepasto (salame e queijo). Primo (massas), Segundo ( carne ou peixe) e pra fainalizar doce e café.
Na Itália tem também uma variedade enorme de restaurantes estrangeiros: turcos, indianos, brasileiros, mexicanos, e  principalmente orientais. Aliás, se você gosta de uma boa comida japonesa ou chinesa, te aconselho um restaurante japonês All You Can Eat, (tudo que você conseguir comer). é mais ou menos como o rodizio de carnes do Brasil, você paga um valor fixo, que vai de 10,00 a 20,00 euro, dependendo do lugar e pode comer a vontade.

De sobremesa eu recomendo o sorvete das gelaterias artesanais, que é realmente umas das melhores coisas que tem aqui e que me fez apaixonar pela Itália.


Viagem Itália

O café da manhã


Quem está acostumado com o café da manhã dos hotéis Brasileiros que servem desde a tapioca presunto e queijo, ou um bom pão com manteiga no dia a dia. Chegando na Itália pode esquecer, o café da manhã tradicional dos Italianos é sempre doce:  café com leite e a famosa brioche: um pão doce com recheio. (com excessão dos hoteis com cozinha internacional)

Caso peça um cappuccino, lembre-se de pedir quente, por que aqui é normal servi-lo também frio.

Quando for tomar o cafezinho no bar, peça  lungo, ou maquiato, se não te servirão um pouquinho de café no fundo da xícara, muito forte para o nosso gosto.

 No país se consome muita água com gás, então tome cuidado pra não confundir na hora da compra.  A água com gás é frizzante ou gassata,  a normal é naturalle. Se não quiser água gelada, peça fuori frigo.


Café da manhã Italiano

Essas são minhas dicas para você que é apaixonado pela Itália como eu.
Se quiser fazer alguma pergunta, sugerir um tema, ou deixar um cometário, pode me escrever que responderei com o maior prazer.


Para conhecer alguns pontos turisticos importantes do País, clique  no video abaixo, do Canal  JOTAOEELE 







Para encerrar, algumas informações úteis.


População: 60.8 milhões (2011).
 Capital: Roma 2,796,102 hab (2012).
 Língua oficial: italiano. 
Governo: república.
 Continente: europeu. 
Moeda: Euro. 
Fuso horário: + 5 horas.
 Principais cidades: Roma, Milão,Nápoles,Turim, Palermo, Gênova e Bolonha.



Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário



Subir